A Arte da Omissao

Armas silenciosas para guerras silenciosas (5)

Silent Weapons for QuietWars  (tradução)

 ligne-rouge

INTRODUÇÃO TEÓRICA

Give me control over a nation’s currency, and I care not who makes its laws. (Deem-me o controle sobre a moeda de uma nação que eu não me importo com quem faz as leis.) – Mayer Amshel Rothschild (1743-1812)

A tecnologia das armas silenciosas de hoje é a consequência da descoberta de uma simples ideia, expressa de forma sucinta e efectivamente “aplicada” pelo Sr. Mayer Amschel Rothschild. O Sr. Rothschild descobriu o componente passivo e ausente da teoria económica, conhecida como indução económica.

Ele, claro, não pensou na sua descoberta em termos do nosso século XX.  Certas análises matemáticas tiveram que esperar pela Segunda Revolução Industrial, pela ascensão da teoria da mecânica e electrónica e, por último, pela invenção do computador electrónico, antes que a sua descoberta pudesse ser eficazmente aplicada no controle da economia mundial.

Conceitos Gerais de Energia
No estudo dos sistemas de energia, aparecem sempre três conceitos elementares. Estas são energia potencial, energia cinética e dissipação de energia. E correspondendo a estes conceitos, existem três idealizados, essencialmente contrapartes puras e físicas chamados de componentes passivos.

(1) Na ciência da mecânica física, o fenómeno da energia potencial está associado a uma propriedade física chamada elasticidade ou rigidez, e pode ser representado por uma mola esticada. Na ciência electrónica, a energia potencial é armazenada num condensador em vez da mola. Esta propriedade é chamada capacitância em vez da elasticidade ou rigidez.

2) Na ciência da mecânica física, o fenómeno da energia cinética está associado a uma propriedade física chamada inércia ou massa, e pode ser representado peça  massa ou volante do motor em movimento

Na ciência electrónica, a energia cinética é armazenada num indutor (num campo magnético  em vez da massa. Esta propriedade é chamada de indutância em vez de inércia.

(3) Na ciência da mecânica física, o fenómeno da dissipação de energia está associado a uma propriedade física chamada fricção ou resistência, e pode ser representado por um amortecedor ou outro dispositivo que converta a energia em calor.

Na ciência electrónica, a dissipação de energia é realizada por um elemento chamado um resistor ou um condutor, o termo “resistor” é geralmente usado para descrever um dispositivo (por exemplo, um fio) empregado para transportar eficientemente energia electrónica de um local para outro. A propriedade de uma resistência ou  condutor é medida como resistência ou condutância reciproca.

Em economia, esses três conceitos de energia estão associados a:
1. Capacidade Económica – capital (dinheiro, acções / investimentos em edifícios e  bens duráveis, etc.)
2. Condutância Económica – mercadorias (coeficientes de fluxo de produção)
3. Indutância Económica – Serviços (a influência da população da indústria sobre o output)

Toda a teoria matemática desenvolvida no estudo de um sistema de energia (por exemplo, Mecânica, electrónica, etc.) pode ser imediatamente aplicada no estudo de qualquer outro sistema energético (por exemplo, economia).

A DESCOBERTA DE ROTHSCHILD

O que o Sr. Rothschild (2) descobriu foi o princípio básico do poder, da influência e controle sobre as pessoas quando aplicado à economia. Esse princípio é “quando você assume a aparência de poder, as pessoas em breve vão-lhe dar esse poder”

Sr. Rothschild descobriu que a moeda ou contas de depósitos de empréstimos tinham a aparência necessária  do poder e que poderiam ser usadas para induzir pessoas (pessoas a serem campos magnéticos) a entregarem a sua riqueza real em troca de uma promessa de maior riqueza (em vez de compensações reais).

Eles aplicariam garantias reais em troca de um empréstimo de notas promissórias. O Sr. Rothschild descobriu que poderia emitir mais notas desde que  tivesse um apoio de alguém com  stock de ouro, como agente de persuasão  para mostrar aos seus clientes.

What Mr. Rothschild had discovered was the basic principle of power, influence, and control over people as applied to economics.

That principle is “when you assume the appearance of power, people soon give it to you.”

Mr. Rothschild had discovered that currency or deposit loan accounts had the required appearance of power that could be used to induce people (inductance, with people corresponding to a magnetic field) into surrendering their real wealth in exchang e for a promise of greater wealth (instead of real compensation).

They would put up real collateral in exchange for a loan of promissory notes.

Mr. Rothschild found that he could issue more notes than he had backing for, so long as he had someone’s stock of gold as a persuader to show his customers.

O Sr. Rothschild emprestou suas notas promissórias a individuais e governos.  Estes, criariam o excesso de confiança. Então ele faria dinheiro escasso, reforçaria o controlo do sistema e recolheria o material de apoio através da obrigação de contratos. O ciclo seria depois repetido.

Essas pressões poderiam ser usadas para iniciar uma guerra. Em seguida, controlaria a disponibilidade de moeda para determinar quem iria ganhar a guerra. O governo que concordasse em dar-lhe o controle do seu sistema económico teria o seu apoio.

Colecções de dívidas foram garantidas pela ajuda económica ao inimigo do devedor. Os lucros derivados desta louca metodologia económica permitiram a  Rothschild expandir a sua riqueza. Ele descobriu que a ganância pública permitiria que a moeda  fosse impressa por ordem do governo para além dos limites (inflação).

2 Leiam The Synagogue of Satan de Andrew Hitchcock para saberem a verdade de Mr. Rothschild

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

Advertisements

19 comments on “Armas silenciosas para guerras silenciosas (5)

  1. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (4) – Bilderberg « A Arte da Omissao

  2. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas – Bilderberg | A Arte da Omissao

  3. Pingback: Armas silenciosas paras guerras silenciosas (1) | A Arte da Omissao

  4. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (2) | A Arte da Omissao

  5. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (20) | A Arte da Omissao

  6. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (19) | A Arte da Omissao

  7. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (3) | A Arte da Omissao

  8. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (6) | A Arte da Omissao

  9. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (7) | A Arte da Omissao

  10. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (8) | A Arte da Omissao

  11. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (10) | A Arte da Omissao

  12. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (11) | A Arte da Omissao

  13. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (12) | A Arte da Omissao

  14. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (13) | A Arte da Omissao

  15. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (14) | A Arte da Omissao

  16. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (15) | A Arte da Omissao

  17. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (16) | A Arte da Omissao

  18. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (17) | A Arte da Omissao

  19. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (18) | A Arte da Omissao

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: