A Arte da Omissao

Armas silenciosas para guerras silenciosas (11)

Silent Weapons for QuietWars

Encontrado a 7 de Julho de 1986 numa fotocopiadora IBM comprada num leilão militar. Este documento estava na  posse dos serviços secretos  da Marinha Americana.

Negligência ou fuga intencional, este documento por segurança, não tem a marca ou logótipo da organização de onde provém. Mas recortes de informações e datas, deixam supor que se trata do grupo Bilderberg.
O clube Bilderberg pode ser considerado como  um clube  de “reflexão” que reúne as pessoas mais poderosas dos mundos financeiros, económicos, das forças militares, serviços secretos, alimentar, saúde.. . 

Cont. Tradução

Diagramas industriais

A indústria ideal, é definida como um dispositivo, que recebe valor de outras indústrias de diversas formas e as converte num produto específico para vendas e distribuição para outras indústrias. Existem várias entradas para uma só saída. O publico normalmente pensa  que uma indústria é realmente um complexo industrial, onde várias indústrias estão sob um telhado e produzem um ou mais produtos…

An ideal industry is defined as a device which receives value from other industries in several forms and converts them into one specific product for sales and distribution to other industries.
It has several inputs and one output.
What the public norm ally thinks of as one industry is really an industrial complex, where several industries under one roof produce one or more products . . .

TRÊS CLASSES INDUSTRIAIS

As indústrias enquadram-se em três categorias ou classes, por tipo de saída:

Classe # 1 – Capital (recursos)

Classe # 2 – Mercadorias

Classe # 3 – serviços (acção da população)

Classe # 1 :

(1) A natureza – fontes de energia e matérias-primas.

(2) Governo – impressão da moeda é igual ao produto nacional bruto (PNB) e extensão da moeda em excesso do PNB.

(3) Bancário – emprestar dinheiro por interesse e extensão (inflação/falsificação) de valor económico através das contas de depósito de empréstimos

Classe # 2

indústrias que existem como produtores de tangíveis ou consumidor de produtos. Esse tipo de actividade é geralmente reconhecido e rotulado pelo público como “indústria”.

Classe # 3

indústrias são as produzem serviço ao invés de um produto tangível. Estas indústrias são chamadas das famílias (1) e (2) os governos. Sua produção é actividade humana e sua base é a população.

Class #1

industries exist at three levels:

(1) Nature – sources of energy and raw materials.

(2) Government – printing of currency equal to the gross national product (GNP), and extension of currency in excess of GNP.

(3) Banking – loaning of money for interest, and extension (inflation/counterfeiting) of economic value through the deposit loan accounts.

Class #2

industries exist as producers of tangible or consumer (dissipated) products.

This sort of activity is usually recognized and labeled by the public as “industry.”

Class #3

industries are those which have service rather than a tangible product as their output.

These industries are called (1) households, and (2) governments.

Their output is human activity of a mechanical sort, and their basis is population.

AGREGAÇÃO

O sistema económico pode ser representado por um modelo de três indústrias se uma permitir que os nomes dos outputs sejam capital (1), (2) as mercadorias e serviços (3). O problema com esta representação é que ela não iria mostrar a influência, por exemplo, da indústria têxtil na indústria de metal ferroso. Isto, porque  tanto a indústria têxtil como a indústria de metais ferrosos iriam estar contidas numa única classificação chamada de  “bens industriais” e devido a este processo de combinação ou de agregação dessas duas indústrias sob um  sistema,  elas perderiam sua individualidade económica.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

AGREGAÇÃO
O sistema económico pode ser representado por um modelo de três-indústria se um permite que os nomes das saídas para ser capital (1), (2) as mercadorias e serviços (3).
O problema com essa representação é que ele não iria mostrar a influência, por exemplo, a indústria têxtil na indústria de metal ferroso.
TRÊS CLASSES INDUSTRIAIS
Indústrias se enquadram em três categorias ou classes por tipo de saída:
Classe # 1
– Capital (recursos)
Classe # 2
– Mercadorias (commodities ou utilização – dissipativo)
Classe # 3 – serviços (acção da população
Uma indústria ideal é definida como um dispositivo que recebe o valor de outras indústrias de diversas formas e converte-os em um produto específico para vendas e distribuição para outras indústrias.
Ele tem várias entradas e uma saída.
O que o aliado de norma pública pensa como uma indústria é realmente um complexo industrial, onde várias indústrias sob um telhado produzem um ou mais produtos…
Advertisements

19 comments on “Armas silenciosas para guerras silenciosas (11)

  1. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (10) – Bilderberg « A Arte da Omissao

  2. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas – Bilderberg | A Arte da Omissao

  3. Pingback: Armas silenciosas paras guerras silenciosas (1) | A Arte da Omissao

  4. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (2) | A Arte da Omissao

  5. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (20) | A Arte da Omissao

  6. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (19) | A Arte da Omissao

  7. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (3) | A Arte da Omissao

  8. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (4) | A Arte da Omissao

  9. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (5) | A Arte da Omissao

  10. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (6) | A Arte da Omissao

  11. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (7) | A Arte da Omissao

  12. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (8) | A Arte da Omissao

  13. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (12) | A Arte da Omissao

  14. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (13) | A Arte da Omissao

  15. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (14) | A Arte da Omissao

  16. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (15) | A Arte da Omissao

  17. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (16) | A Arte da Omissao

  18. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (17) | A Arte da Omissao

  19. Pingback: Armas silenciosas para guerras silenciosas (18) | A Arte da Omissao

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 30 de Novembro de 2010 by in Bilderberg - Armas silenciosas para guerras silenciosas and tagged , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: