A Arte da Omissao

ACORDEM

Neutralidade da Net – um bem a preservar

A neutralidade da internet é basicamente a filosofia subjacente à democracia que nela deve existir. Significa que toda a informação (legal) que passa na internet deve ser tratada da mesma forma, que no tráfego online deve ser permitido o acesso à mesma velocidade sem quaisquer interferências. É este o princípio que garante o livre acesso a qualquer tipo de informação na internet, desde o seu nascimento.

 Mas como sempre, factores de ganhos ou perdas estão na base da “inovação”. Que factores?

» aplicações em tempo real: difusão de aplicações que usam muita largura de banda (P2P), que exigem um maior investimento no desenvolvimento da rede e que actualmente são incompatíveis com os modelos de cobrança dos fornecedores.

* o uso crescente de redes domésticas sem fio (partilha de rede com os vizinhos), o que provocam uma redução nas receitas dos  fornecedores da Net.

Para salvaguardar seus interesses económicos, muitos ISPs introduziram já práticas, consideradas ilegais e prejudiciais para o futuro da Internet.

O  “traffic shaping” – prática de priorização do tráfego de dados é uma dessas práticas ilegais. Os  ISPs tentam evitar que os utilizadores usem roteadores sem fio, usem o VOIP e programas de partilha de arquivos. Como se não bastasse, alguns ISP’s podem bloquear o acesso a certos sites (não os da pedofilia e de pornografia infantil)  e filtrar emails que contenham críticas sobre eles.

O objectivo é investirem numa empresa que monitorize a web em tempo real. Essa empresa já tem nome, “Record Future“, e fará scans a milhares de websites, blogues, contas das redes sociais na busca de interligações entre pessoas, entre empresas, organizações, acções e incidentes. A companhia refere o seu motor como “goes beyond search” ao procurar ‘links invisiveis” em documentos que falem acerca de uma mesma entidade / eventos.

Sempre com a falsa bandeira da liberdade e da segurança, pretende-se criar um sistema para nos catalogar e está claro, nos controlar. Vamos deixar acontecer?

 
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informação

This entry was posted on 15 de Dezembro de 2010 by in Neutralidade da Internet and tagged , , , , .

Navegação

Categorias

Follow A Arte da Omissao on WordPress.com
%d bloggers like this: