A Arte da Omissao

Cultivo de Transgénicos em Portugal: O princípio do fim?

Nem tudo piora neste país. A   comprovar, o relatório da Plataforma Transgénicos Fora, de 2010/12/13

1) Pela primeira vez desde que o cultivo começou em 2005, a área total de milho transgénico, baixou em relação ao ano anterior. Ver dados oficiais

2) Esta redução não é só visível em 2010, mas já foi notada de 2009 para 2010. Gráficos detalhados

3) Existem indicadores que numerosos produtores nacionais estão a desinteressar-se das sementes geneticamente modificadas depois de as terem experimentado.  De acordo com dados disponíveis no Alentejo (a região que mais cultiva transgénicos),  30% (14 em 47) dos produtores registados em 2009 já não constam do registo de cultivo de 2010.comunicado de imprensa

Outra novidade em 2010 prende-se com o facto de que o Algarve  ter deixado o cultivo de transgénicos e poder finalmente usufruir do estatuto que escolheu há vários anos como zona livre de transgénicos. Uma única herdade que cultivava milho transgénicos já há três anos nesta região, aparentemente não considerou útil manter essa produção.

Como podem ver, o problema não se coloca só no país onde as plantações existem. Importante é de alguma forma, conseguirmos que os governos cortem esta cadeia que começa nas plantações e  termina na nossa alimentação.

Passem a informação.

O conhecimento gera alterações de consciências que por sua vez impelem à mudança.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 18 de Dezembro de 2010 by in OGM, Saúde and tagged , , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: