A Arte da Omissao

UFO – Disclosure Project- Dossier de divulgação – Video

A 9 de Maio de 2001, cerca de 20 pessoas das 400 que aderiram ao Disclosure Project, (militares, agentes, funcionários governamentais e de grandes corporações assim como testemunhas cientificas),  apresentaram-se no National Press Club in Washington, para exporem os seuss conhecimentos reais acerca da temáticas UFO, formas de vida extraterrestre,  tecnologia  avançada de propulsão, hoje já conhecida por alguns e que poderia terminar com o uso de combustíveis fósseis  em muitas áreas. Este projecto não se baseia só em testemunhos. Estes, trazem consigo documentação que lhes dá suporte.

No vídeo mais abaixo, testemunhos de militares,  governos, inteligência, elementos  de corporações  de projectos secretos, desvendam um dos  programas mais secreto na história do mundo. Esses testemunhos explosivos por  pessoas credíveis,  prova que os OVNI são reais, que alguns são de origem extraterrestre e que programas super secretos detêm já a tecnologia de energia livre e da propulsão que, se expostas e adoptadas, permitiriam  que a humanidade começasse uma nova civilização – A civilização sem poluição, sem pobreza – uma civilização capaz de viajar entre as estrelas.

Vídeo  1ª parte / 2ª parte

Astronauta Edgar Mitchell, tripulante do Apolo 14, sexto homem na Lua,  diz: “sim, fomos visitados por ET’s, ocorreram quedas de engenhos voadores extra-terrestres, destas quedas retivemos material e corpos, e existe (esboça um pequeno sorriso) um grupo de pessoas algures, que podem não estar associados ao governo actualmente, mas foram-no no passado, que detêm este conhecimento…”

Daniel Salter, outro “delator” com uma grande carreira militar que inclui um período na National Reconnaissance Office (NRO), onde tinha o nível de segurança “cosmic top secret“(2), afirmou que existem 38 níveis Top secret. O mais alto é o COSMIC, relacionado com UFO, Aliens. Basicamente só 25 no mundo  têm conhecimento de assuntos classificados com neste nível. Nenhum presidente está classificado com este nível. O que esteve mais perto até hoje foi o Presidente Eisenhower. Sim diz ele, abatemos um Ufo, Sim apanhámos os Aliens…

Outro assunto abordado é a militarização do espaço. Drª Carol Rosin, que trabalhou com o cientista Wernher Magnus Maximilian von Braun, (nos ultimo anos de vida chamou a atenção da classe cientifica assim como de governos, para o perigo da militarização do espaço),  refere o que Von Brawn mencionou que seria usado como justificativo para se militarizar o espaço. Primeiro existiu a Rússia, depois  terroristas, depois seriam os perigos vindos dos países intitulados de “malucos”, (Árabes),  depois seriam os Asteróides e por fim  os aliens extraterrestres, e termina este, e tudo isto é uma mentira…

A opinião sobre a militarização do espaço e que coloca armas nucleares no espaço, é unânime. A Terra é que passa a ser uma ameaça às civilizações não terrenas e não o contrário. Ao longo destes anos de manifestações, não houve nenhum sinal hostil. Se o quisessem fazer, teriam-no feito.  Alguns vão mais longe. Coloquem armas nucleares no espaço e verão que poderemos ser nós a desaparecer.

Depois de ver e ouvir testemunhos sobre o desarmamento de misseis levado a cabo por engenhos voadores extra terrestres, acontecimentos mantidos em segredo ao longo destes anos, já não me espanta o silencio a nível global dos governos, classes cientificas, sobre  outros assuntos emergentes na nossa actualidade, como por exemplo o Haarp, Chemtrails e a manipulação climática como arma silenciosa. No entanto é preocupante  tanto o nosso desconhecimento como o silencio.

Devido à informação tão sensível que está exposta, só vendo os dois vídeos se consegue ter um visão mais ampla do que se trata,  o tão ridicularizado, (se bem que planeada ) assunto UFO  e as relações terrenas-extraterrestres.

(2) Compartimentação de informações classificadas entre os países

Quando uma agência ou grupos governamentais compartilham informações entre um grupo ou agências governamentais de outro país, geralmente empregam um esquema de classificações especiais que ambas as partes concordaram anteriormente honrar.
Por exemplo, informações confidenciais compartilhadas entre os Aliados da OTAN tem quatro níveis de classificação de segurança. Começando do nível mais alto para os mais baixos:

  1. COSMIC TOP SECRET (CTS),

  2. A OTAN SECRETO (NS),

  3. A OTAN confidenciais (NC), e

  4. A OTAN RESTRITO (NR).

Se este lhe interessar, na categoria Disclosure Project deste bolg, encontra vários artigos com traduções sobre ele.

4 comments on “UFO – Disclosure Project- Dossier de divulgação – Video

  1. Sirius
    28 de Fevereiro de 2011

    É verdade. Ultimamente vi no canal História um programa acerca da possível presença de extraterrestres no passado. Cada vez se fala mais abertamente deste assunto, só falta os media… Temos muito mais em comum com eles do que podem imaginar. Eu penso que os deuses do passado vão regressar muito em breve. Algumas décadas atrás, Erich von Däniken escreveu: “Eram os Deuses Astronautas”. No Youtube tem muitos documentários acerca.

    Gostar

    • urantiapt
      28 de Fevereiro de 2011

      Obrigado por comentar
      Não me aflige, aliás nunca me afligiu a ideia de não sermos únicos neste universo desconhecido
      Depois de ver bem o vídeo com legendas e estes dois deste post, reconfirmo que é dos que são da minha espécie que tenho de temer.
      Refere no seu comentário a frase “no passado”. Eles sempre por cá andaram e vão andar. Eles respeitam as nossas vidas, mas estão preocupados com o que Homem possa fazer e provoque um desequilibro que se possa reflectir na nossa galáxia como no resto do universo. Daí o testemunho de um dos “delatores” dizer que normalmente havia um padrão quando os UFo’s se mostravam em bases militares. Eram base com armamento nuclear e que por “artes mágicas” os misseis eram desarmados.
      Os testemunhos são de pessoas que já não estão no activo e mesmo assim sofreram represálias. As mesmas medidas impostas mantêm-se e os que neste momento estão a lidar com este assunto estão em silêncio imposto.

      Lamento também o silêncio da classe cientifica, depois destas declarações terem vindo a público. Saber-se que, como afirmam, a tecnologia usada para impulsionar as naves já é conhecida de alguns cá, mas continua-se a poluir o planeta. Isto, sim, amedronta-me. Não os seres dos outros mundos.

      No início, até faço um esforço para entender o silêncio. A humanidade a quando do caso Rosevelt não estaria preparada para esta verdade. Mas o que terá motivado para continuarem? Vir-se a saber que afinal, uns meros discos voadores à distancia desarmam os nosso misseis nucleares?
      Porquê estes anos de estudo da tecnologia e não a revelar, se só beneficia a Humanidade? Ou esta elite sem escrúpulos já tem acordos com alguma espécie(s) também sem escrúpulos?

      Enfim, vamos aguardar para ver. Eu também acho que se continuarem com a política de colocação de armas nucleares no espaço, a “polícia” que é responsável pelo equilibro desta pequena galáxia, vai ter que actuar.

      Gostar

  2. Pingback: Compreender o secretismo à volta dos UFOs – 1ª parte | A Arte da Omissao

  3. Pingback: Compreender o secretismo à volta dos UFOs – 2ª parte | A Arte da Omissao

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 27 de Fevereiro de 2011 by in Disclosure Project, UFO, Vídeo and tagged , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: