A Arte da Omissao

Hungria destrói todos os campos de milho OGM

Cerca de 400 hectares de milho cultivados com sementes geneticamente modificadas foram destruídos, informou Lajos Bognar,  Subsecretário de Estado do Ministério de Desenvolvimento  Rural.

Ao contrário de vários membros da UE, as sementes OGM estão proibidas na Hungria.

As autoridades têm vindo a procurar  culturas OGM desde o início deste ano, com base num novo regulamento que  entrou em vigor em Março, o qual estipula verificar todas sementes antes de estas serem  introduzidas no mercado.

Os controlos vão continuar apesar do fato dos comerciantes de sementes serem obrigados a certificar-se de que os seus produtos são livre de OGM, disse Bognar.

Controladores encontraram produtos da Pionear e Monsanto entre as sementes plantadas. A livre circulação de mercadorias na UE significa que as autoridades não vão investigar como as sementes chegaram na Hungria, mas  vão verificar onde as mercadorias podem ser encontradas, continuou Bognarr.

Os agricultores locais queixam-se de que o uso das sementes OGM só foi revelado agora, sendo  tarde demais para semear novamente, perdendo-se assim a colheita do ano inteiro foi. (fonte)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 17 de Julho de 2011 by in Hungria, OGM, Saúde and tagged , , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: