A Arte da Omissao

Governo não divulga sanções a dirigentes que escaparam aos cortes salariais

Finanças detectam falhas nos cortes salariais dos dirigentes públicos

Finanças dizem que recebimentos indevidos têm que ser devolvidos, mas não esclarecem se isso já aconteceu nas situações detectadas em 2011. Leia mais aqui

Quando esta classe política e governamental se preocupa esconder num portal governamental as habilitações de um dos seus ministros, (1) o que se pode esperar?

Que vão dar um tiro nos próprios pés?  Entidades Reguladoras!! Ups. Enganei-me. Regulam-se a elas próprios. O nosso dinheiro está a ser dado a estas entidades virtuais, que nem a face podem mostrar. Imagine-se o porquê?

A IGF identificou ainda duas entidades reguladoras onde ocorreu “atribuição generalizada de prémios de desempenho”, contrariando o congelamento decretado para toda a Administração Pública.” 

Mais uma aberração. Fisco tem mais um agente cobrador.

»»» Também neste caso nem se sabe quem são  os “delinquentes” singulares e empresas.

DEPUTADOS C/ Sub NATAL e FÉRIAS em 2012

»»» São vigaristas ou não? Resta alguma dúvida ainda?

 (1) No Portal do Governo, na página da biografia do Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas pode-se ler o seguinte:

Miguel Relvas nasceu em Lisboa em 1961.

Foi gestor de empresas, tendo sido administrador executivo e consultor de várias empresas e ainda presidente da Região de Turismo dos Templários (2001-2002).

Foi Secretário de Estado da Administração Local do XV Governo Constitucional.

Foi Deputado nas Legislaturas de 1985-1987, 1987-1991, 1991-1995, 1995-1999, 1999-2002, 2002-2005, 2005-2009, tendo sido presidente da Comissão Parlamentar da Juventude (1991-1995) e da Comissão Parlamentar de Obras Públicas, Transportes e Comunicações (2005-2009), e ainda membro efetivo da Assembleia Parlamentar da União Interparlamentar (2007-2009).

Foi Presidente da Assembleia Municipal de Tomar, eleito em 1997, 2001, 2002, 2005 e 2009, da Assembleia Geral da Associação de Folclore da Região de Turismo dos Templários (2001-2002) e da Mesa da Comunidade Urbana do Médio Tejo (2004-2009)

Foi Secretário-Geral da JSD (1987-1989), primeiro Vice-Presidente da Comissão Política Nacional da JSD (1990-1992), membro da Comissão Política Nacional do PSD (1999-2002), Presidente da Assembleia Distrital do PSD de Santarém (2002-2009), Secretário-Geral do PSD (2004-2005) e Vice-Presidente do Instituto Francisco Sá Carneiro (2006-2008).

Foi membro do Conselho de Curadores da Fundação Luso-Brasileira

Comparando com as restantes biografias, fica-se sem saber quais as habilitações de MR.

Esquecimento? Claro que nãoOnde pára o diploma da licenciatura de Relvas?.

As cartas estão a ser jogadas a cada dia que passa e  ninguém pode dizer que anda a ser enganado.

Felizmente para nós, esta classe política, governamental e corrupta, ao esconder acaba por não esconder  que nos estão a enganar.

Estes sinais têm que espevitar o nosso raciocínio, enquanto ainda temos condições físicas para o fazer. 

One comment on “Governo não divulga sanções a dirigentes que escaparam aos cortes salariais

  1. maria celeste ramos
    5 de Julho de 2012

    Gato escondido com rabo de fora

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: