A Arte da Omissao

Parecer é fácil. Difícil é realmente tê-los no sítio

França: Presidente anuncia «agenda para a recuperação»

Publicado hoje às 10:30

O presidente francês, François Hollande, confirmou, no sábado à noite, que os vencimentos superiores a um milhão de euros por ano serão taxados a 75 por cento e não haverá excepções.

O presidente francês anunciou uma «agenda para a recuperação» económica do país durante os próximos dois anos e garantiu que os vencimentos superiores a um milhão de euros serão taxados a 75 por cento «sem exceções».

«Vou estabelecer uma agenda para a recuperação [do país]. Dois anos para pôr em prática uma política para o emprego, para a competitividade e para equilibrar as contas públicas», afirmou François Hollande no jornal das 20:00 da TF1, na sua primeira entrevista televisiva depois das férias de verão.

Numa altura em que, quatro meses depois da sua eleição, assiste a uma queda de popularidade na opinião pública e imprensa, Hollande garante que «escuta a impaciência».

O socialista justificou as preocupações dos franceses com o «desemprego elevado» (3 milhões de franceses), a competitividade da economia «degradada», com os «défices consideráveis» e com o «endividamento histórico» do país.

Contudo, argumentou o Presidente, depois de ter assumido funções, «o Governo não perdeu tempo, agiu rapidamente». Hollande lembrou o aumento do salário mínimo e de diversas prestações sociais, a par do congelamento do preço dos combustíveis.

Hollande recordou que este imposto terá em conta «todas as outras contribuições» e que será «limitado no tempo», tendo a duração estimada de dois anos. Para o Presidente, a medida é «simbólica» e «muito importante» porque «é preciso que, num momento de dificuldade como o que a França atravessa, cada um assuma o seu papel».(Artigo Completo)

Artigos relacionados: Presidente francês e seu gabinete cortam salário em 30%

5 comments on “Parecer é fácil. Difícil é realmente tê-los no sítio

  1. José Gonçalves
    10 de Setembro de 2012

    É exectamente como cá não é ? Equidade social, dizem eles… Com a benção da comunicação social que só transmite estass notícias em horários de fracas audiências e quando transmite. Toda esta cambada de filhos da puta que compõem o bloco central estão comprometidoss até ao tutano com o grande capital. Só a tiro…

    Gostar

    • urantiapt
      10 de Setembro de 2012

      Para mim, o problema reside na classe política dos dias de hoje. As maiorias dos governos estão vendidas, sim ao grande capital. Esta é a grande verdade.
      Não existe governação local, ao contrário que se apregoa. As 3 grandes famílias que governam financeiramente este mundo, tiveram o cuidado de estender o seu poder ao poder político com grande sucesso, porque o ser humano ainda está no estágio de ser vender com muita facilidade. É preciso mostrar esta realidade aos mais novos para perceberem as consequências, na tentativa de quando chegar a vez de serem aliciados, dêem um BASTA.

      Gostar

  2. AC
    10 de Setembro de 2012

    Volto a repetir a mesma pergunta por mim feita repetidas vezes a respeito da corja dos nossos políticos: E não há quem os fôda?

    Gostar

  3. urantiapt
    11 de Setembro de 2012

    parece que não

    Gostar

    • AC
      13 de Setembro de 2012

      por enquanto não!
      Acho que é a resposta certa.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 10 de Setembro de 2012 by in França and tagged , , , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: