A Arte da Omissao

A reportagem da TVI sobre o ensino privado – grupo GPS

Os colégios do grupo GPS, pertencem a um vasto grupo de escolas privadas, que pelo facto de absorverem alunos que o ensino público já não pode aceitar por falta de capacidade, recebem apoio financeiro do Estado. Nesta reportagem ficou provado que história não é bem assim.

Só o grupo GPS  recebeu neste ano  cerca de 25 milhões de euros e talvez para meter grande parte dele nos seus bolsos, escraviza os seus professores?

A altivez, o não saberem de nada, o justificarem que não são juristas,  posturas usadas nas respostas às perguntas, (algumas até documentadas da jornalista), de quem acha que está acima de tudo e todos, fez-me lembrar algumas das entrevistas presentes no documentário Inside Job.

Nesta reportagem, está espelhada a imagem da classe política que temos alimentado nestas últimas décadas.

O governo, no seu maior, a desviar o nosso dinheiro para alimentar o restante compadrio. Salas de aulas vazias, para que a privada ao lado as tenha cheias!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!  Aulas de mecânica, apoio do Estado para as oficinas e não há oficinas.!

OS LADRÕES TÊM QUE ESTAR ATRÁS DAS GRADES.  NÃO HÁ DENTRO DA JUSTIÇA, ALGUÉM COM CONSCIÊNCIA E CORAGEM QUE SE DEMARQUE DESTE SISTEMA PODRE?

 Este grupo  anda a ser falado já há algum tempo e  só agora vão investigar? Ainda alguém acredita nisto?

Em menos de 1 hora, ficou espelhado uma pequena célula de gente corrupta e criminosa, financiada por um Estado corrupto e criminoso  e fiscalizada por outros tantos corruptos e criminosos. Quem rouba é criminoso.  E os visados somos nós.

passem o link da reportagem que está no youtube para amigos e família. 

Anúncios

5 comments on “A reportagem da TVI sobre o ensino privado – grupo GPS

  1. zepovinho
    4 de Dezembro de 2012

    Em qualquer pais civilizado esta gente sem vergonha era imediatamente presa e suspensos de exercer qualquer cargo publico… infelizmente em portugal a culpa vai morrer solteira e daqui a uns dias já não se fala no assunto, até aposto que todos estes diretores (doutores da mula russa) tiraram o curso ao domingo ou nas novas oportunidades porque para chegarem onde chegaram e como chegaram não necessitam muito mais mas têm mesmo que ser doutores, dá geito…!!!!!!!!!!

    Gostar

    • urantiapt
      4 de Dezembro de 2012

      Um professor para 200 alunos? O sucesso escolar só pode estar mascarado. O que pensam os pais destes alunos?

      Mas o que pensam os pais dos alunos que não foram para a privada por suas escolhas? O que pensam esses pais ao saberem que afinal os seus filhos não ficaram na pública, para o polvo da corrupção meter ao bolso o dinheiro deles?

      Gostar

  2. zepovinho
    5 de Dezembro de 2012

    zepovinho Diz:

    Dezembro 5, 2012 at 10:51 am
    Inspecção..?? Auditoria..?? investigação..? Deixem-me rir…!!!!!!
    Em portugal tudo o que toca a este tipo de gentinha maquiavélica engenhosa tipo chicos espertos os tais doutores da mula russa que só se preocupam com eles próprios os tais que não olham a meios para atingir os fins tudo pela ganância e pelo simples prazer de se exibirem, eles são carros topo gama, casas de luxo, mulheres, casinos discotecas que alugam para festas privativas, viagens com acompanhantes de luxo bons hoteis contas offshores, autentica luxuria á custa dos milhoes publicos e como se tudo isto não bastasse são considerados os grandes impreendedores reconhecidos pelos bons serviços prestados e recebem medalhas de merito, bons serviços prestados..??!! quando se passam e chumbam alunos na secretaria para se atingirem os tais interesses obscuros..???!!! O mais grave é que tudo isto é feito com o nosso dinheiro o dinheiro de todos nós o dinheiro dos pais dos alunos que chumbaram imerecidamente o dinheiro dos nossos impostos o dinheiro que um dia vai faltar para pagar as nossas reformas a nossa saude a educação dos nossos filhos……!!!!!!!!!!!!!

    Gostar

  3. Júlia Sousa
    8 de Dezembro de 2012

    Sou mãe de dois filhos que frequentaram o Colégio Rainha D. Leonor em Caldas da Rainha, um deles ainda estuda lá. Os meus filhos vieram transferidos de uma escola publica do Norte do país e quando me mudei para esta cidade procurei vagas nas escolas publicas locais, sem sucesso. Uma não me dava vaga para o 7º ano, outra não me dava vaga para o 9º e outra não me dava vaga para nenhum dos anos. Como não queria os meus filhos separados, porque tanto a cidade, como a escola eram novidade para eles, procurei vaga no Colégio e foi a melhor decisão que tomei; desde o atendimento, ao acompanhamento, à qualidade do ensino. E os meus filhos são alunos com notas razoáveis, não receberam medalhas de mérito e passaram com negativas… Admito que possa haver alguma veracidade nalguns factos, noutros não, não é uma reportagem isenta, mas tendenciosa, para marcar um ponto de vista. Não discuto a forma como gerem o dinheiro publico, porque não falo do que não sei, mas não digam que se presta um mau serviço. Os pais e alunos são avisados no inicio do ano que existe uma formula para avaliação dos alunos com percentagem e que tudo conta para a nota final: testes escritos, participação nas aulas, COMPORTAMENTO, etc. Por isso será que esses alunos que tinha notas positivas não tinham todos os outros parâmetros negativos? Ainda bem que a educação e formação moral e cívica também é valorizada. Não é justo denegrir a imagem do trabalho de professores e funcionários empenhados, que todos os dias dão o seu melhor,com base apenas numa reportagem que também só mostra o que quer e lhes interessa. Ninguém deve julgar ouvindo apenas uma versão dos factos e não se deve falar do que desconhece.

    Gostar

    • urantiapt
      9 de Dezembro de 2012

      Será que todos os professores que falam sobre a exploração que lhes é feita estão a mentir? Eu sei que é verdade. E sei que existem professores que devido à exploração que lhes é infligida, não têm vida familiar, e estão à beira de esgotamentos. EU seu que é verdade. Na reportagem não falaram só ex professores. Todos os outros testemunhos são também falsos?

      Claro que nem tudo é negro. Num sistema não é tudo negro. Não discute a forma como o dinheiro público é gerido, mas talvez fosse uma boa ideia que procurasse saber, à semelhança de outros encarregados de educação. (http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/grupo-gps-colegios-privados-ana-leal-tvi24/1400157-4071.html)

      No que me toca, é grave pois sou contra a exploração de pessoas (ficou demonstrado, documentado e como disse anteriormente EU sei que é verdade) e chega de irem ao meu bolso).

      Mas, é claro que respeito a sua opinião.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 4 de Dezembro de 2012 by in O mundo visto ao microscópio, Portugal and tagged , , , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: