A Arte da Omissao

violência juvenil

Urge uma grande reflexão sobre as causas de tanta violência juvenil a nível mundial.
Não estaremos perante o reflexo da sociedade que nós (os grandes) construímos?
Uma Sociedade asfixiada pelo capital e que dia a dia perde valores essenciais como, capacidade de dialogar olhos nos olhos, privacidade, real amizade (não o amigo do facebook), convívio familiar (desligue-se as televisões às refeições)…
Sendo a nossa sociedade um palco de contradições e incoerências, de que forma as nossas crianças (futuros jovens) as assimilam?

Aventar

Morreu um de nós: um daqueles que zelava pela segurança de todos (alunos, funcionários e professores); O nosso elo mais forte, em pleno exercício das suas funções.

Para evitar que um aluno maltratasse um colega fazendo perigar a sua vida, durante a aula, mesmo perante a pronta ação do professor e de um funcionário, foi pedida a intervenção dos vigilantes da escola, para que fosse conduzido à Direção Executiva para que esta acionasse os técnicos da Escola Segura.

Desde o início do comportamento, de extrema violência, materiais foram destruídos, funcionários e docentes ameaçados de morte verbalmente e agredidos fisicamente.

View original post mais 739 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 2 de Fevereiro de 2013 by in Ensino, Portugal and tagged , , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: