A Arte da Omissao

quem controla este mundo, são os que apresentam a solução para o caos instalado

2011

Uma única moeda, um único governo, um só tribunal…

Assentes sempre em falsas bandeiras que vivenciamos, (logo existem, não nos estão enganar), vão como cordeiros apresentado as soluções, que nós, perante o caos, até achamos as correctas, mas cuidado, é necessário ver quem neste mundo controla totalmente e o quê, pois são os mesmos que estão a fornecer as soluções.

Um único Ministério das Finanças…. 

“O investidor milionário George Soros diz que a Europa tem de se preparar para a possibilidade da Grécia, Portugal e talvez Irlanda entrarem em incumprimento e saírem do euro.”

“George Soros alertou para o facto da crise da dívida na Europa poder desencadear uma nova grande depressão, a menos que os líderes da Zona Euro adoptem uma série de medidas radicais, onde se inclui a criação do Ministério das Finanças europeu.” 
“Mesmo que se evite uma catástrofe, uma coisa é certa: a pressão para se reduzirem os défices mergulhará a Zona Euro numa recessão prolongada. Isso terá consequências políticas incalculáveis”, sublinhou. (ainda pensam que essa pressão é casual?)
Na opinião deste investidor, que nasceu na Hungria e que mais tarde se nacionalizou norte-americano, além de os líderes europeus terem de se preparar para a falência e saída da Zona Euro daqueles três países periféricos, têm também que tomar quatro medidas audazes.

A primeira delas será proteger os depósitos bancários, de modo a evitar uma corrida aos levantamentos nos países mais debilitados.

Em segundo lugar, alguns bancos dos países em incumprimento terão de continuar a funcionar, de modo a manterem as suas economias à tona.

Em terceiro lugar, o sistema bancário europeu deveria ser recapitalizado e colocado sob supervisão europeia.

Por último, as obrigações soberanas de outros países deficitários deveriam ser protegidas.

“Tudo isto custa dinheiro”, escreveu o investidor de 81 anos, que co-fundou com o investidor Jim Rogers o Fundo Quantum. “A única alternativa é fazer nascer o ingrediente que falta: um Ministério das Finanças europeu, com poder para decretar impostos e para obter crédito, acrescentou, citado pela Reuters.

Soros reconhece que, para isso, será preciso um novo Tratado da União Europeia, pelo que instou os líderes europeus a começarem a trabalhar nesse sentido e imediatamente – atendendo ao tempo que demora a concluir um processo destes.

“Assim que o princípio de criação do Ministério das Finanças europeu estivesse acordado, o Conselho Europeu poderia autorizar o BCE a avançar, protegendo-o assim contra as ameaças à sua solvência”, salientou Soros, frisando queé a única forma de travar um possível colapso financeiro e mais uma Grande Depressão”. (amedrontar e depois ser a salvação)

George Soros reconhece também que isto seria altamente controverso, especialmente na Alemanha, onde existe uma forte oposição à amortização das dívidas das nações do Sul da Europa. Mas não há outro remédio, avisa.

“A opinião pública alemã pensa que pode escolher entre apoiar o euro ou abandoná-lo. Isso é um erro. O euro existe e os activos e passivos do sistema financeiro estão tão interligados, na base de uma moeda comum, que um desmoronamento do euro levaria a um colapso além da capacidade das autoridades para o travarem”, sublinhou Soros no seu artigo. 

“Quanto mais tempo a opinião pública alemã demorar a perceber isto, mais pesado será o preço que os alemães e o resto do mundo terão de pagar”, concluiu. (fonte)

Nota: Frases sublinhadas com estar cor são da minha responsabilidade.

############

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: