A Arte da Omissao

ACORDEM

Ken O’Keefe atreve-se a dizer o que os outros não

É preciso “tê-los” no sítio, para ter a coragem de andar em sentido contrário da corrente chamada “normal”

Ken O’Keefe é um deles

2 comments on “Ken O’Keefe atreve-se a dizer o que os outros não

  1. voza0db
    15 de Setembro de 2014

    Boas 😉

    E mais um elemento que abandonou a MANADA!

    Infelizmente a MANADA é GIGANTESCA, e os escravos que a constituem continuam em profundo transe – incapazes de pensar por si e absolutamente desprovidos de AMOR – daí não admira que continuem com vontade de TREINAR PARA MATAR, em troca desta prostituição recebem papel moeda, fornecido pelos DONOS DAS SOCIEDADES OCIDENTAIS, com a qual podem se abstrair da monstruosidade que são, e comprar um monte de bens que ajudem à abstração! Evidentemente que os receptores finais do dinheiro dos escravos prostitutos são os mesmos do costume “DONOS DAS SOCIEDADES OCIDENTAIS”…

    Infelizmente o número de animais humanos supera em larga quantidade o número de seres humanos, e como tal, FOME, MISÉRIA, MORTE irá ser a realidade para a maioria.

    Continuamos a fazer vista GROSSA para tudo isto porque pertencemos à percentagem dos privilegiados (+- 12.5% da população mundial) que provoca a FOME, MISÉRIA, MORTE, por este planeta fora!

    Simplesmente…

    Abr

    Gostar

  2. Pingback: O grande cordão da falácia | A Arte da Omissao

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informação

This entry was posted on 14 de Setembro de 2014 by in GEOPOLÍTICA MUNDIAL and tagged , .

Navegação

Categorias

Follow A Arte da Omissao on WordPress.com
%d bloggers gostam disto: