A Arte da Omissao

Prova falsa da HRW quanto ao uso de barris explosivos pelo Exército Árabe Sírio

Kenneth Roth

Human Rights Watch, uma associação dos Estados Unidos para a defesa dos Direitos Humanos, financiada com  100 milhões de dólares pelo especulador George Soros, multiplicou os seus comunicados e relatórios acusando  o Exército Árabe Sírio de utilizar barris de explosivos contra a sua própria população civil.

Questionado sobre esta matéria, o Presidente Bachar el-Assad respondeu à BBC e France2 que o seu exército não tinha nenhuma razão para usar barris de explosivos quando dispõe de bombas convencionais que são muito mais eficazes [1].

No dia 9 de Maio de 2015, Kenneth Roth,  director da HRW, admitiu que tinha transmitido «por erro» uma imagem de Israel a destruir Gaza, apresentando-a como «prova» do uso de barris de explosivos pelo Exército Árabe Sírio, como revelado pelo Moon of Alabama.

JPEG - 48.4 kb

Tradução: Eu corrijo : este vídeo é sobre a  destruição em Gaza, após o último verão, não Alepo . Afirmando. Trib.al/8mKXm1R

Não satisfeito, Roth publica uma segunda fotografia, de Alepo nos dias de hoje, alegando mostrar os estragos causados pelo Exército Árabe SírioMoon of Alabama revelou que, embora a fotografia tenha sido tirada de facto, pela AFP em Alepo, não mostra a zona «rebelde» (ou seja, a área conquistada pelos turcos e controlada pelos jiadistas). Na verdade, ela mostra a destruição perpetrada pelos rebeldes «moderados» (sic) em Hamadiyeh, o bairro cristão ainda fiel à República.

JPEG - 68.9 kb

Tradução:aqui, em comparação, está um exemplo da destruição de  Alepo depois do uso dos barris explosivos de Assad

JPEG - 30.7 kb

Kenneth Roth é um advogado que foi procurador no Sul de Nova Iorque. Foi nomeado por Aryeh Neier, director-adjunto da Human Rights Watch em 1987, e nomeado director-geral da ONG, em 1993, quando George Soros confiou a Aryeh Neier a direcção do Open Society Institute.

fonte

ligne-rouge

Nota: Link e realce desta cor são da minha responsabilidade

Artigos relacionados:

Human Rights Watch Accuses Syria Of “Barrel Bomb” Damage Created By U.S. Attacks

Human Rights Watch Again Accuses Syria Of “Barrel Bomb” Damage Done By Others

 

O Modus Operandi não muda:

Há 12 anos e usando uma falsa justificação, os USA invadiu o Iraque e fez a chacina que todo o MUNDO viu,  mas até aos dias de hoje, o Tribunal Penal Internacional nada fez.

É revoltante

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: