A Arte da Omissao

Informações sobre as armas de Charlie Hebdo sob segredo-de-defesa

arton188735-f407c

Os juízes parisiense Laurence Le Vert, Nathalie Poux e Christophe Tessier foram menos curiosos e não deram seguimento às informações da Europol sobre as armas dos terroristas que atacaram Charlie Hebdo.

Os magistrados lillois Stanislas Sandraps e Richard Foltzer, viram-se confrontados com o segredo-de-defesa por parte do Ministro francês da Defesa, Bernard Cazeneuve, quando procuravam saber como é que o terrorista Amedy Coulibaly, pode comprar à  sociedade  Seth Outdoor de Claude Hermantduas metralhadoras de assalto VZ 58 Compact da marca (Kalachnikov)  (número de série 21038 e 63622F M), e quatro pistolas semi automáticas Tokarev TT33 (números de série RK07, O2027, TE1035 e EB1574).

O La Voix du Nord, Le Greffier Noir e Médiapart investigaram demoradamente as ligações entre Amedy Coulibaly e Claude Hermant, um “sobrevivencialista” ligado à Gendarmaria Nacional [1].

artigos relacionados:
- « Selon McClatchy, Mohammed Mehra et les frères Kouachi seraient liés aux services secrets français » («De acordo com McClatchy, Mohammed Mehra e os irmãos Kouachi estariam ligados aos Serviços Secretos Franceses»), Réseau Voltaire, 9 Janeiro 2015.
- « Des éléments de l’affaire Coulibaly rappellent le rôle de services français en 1999 » («Elementos do caso Coulibaly lembram o papel dos serviços secretos franceses em 1999»), par Thierry Meyssan, Alexis Kropotkine, Le Greffier noir, Réseau Voltaire, 27 Maio 2015.

Fonte

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 30 de Setembro de 2015 by in Charlie Hebdo, França and tagged , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: