A Arte da Omissao

Mark Zuckerberg acusado de abuso de poder, depois do Facebook eliminar artigo com a foto de Kim Phúc

O maior jornal da Noruega publicou uma carta na sua primeira página, enviada ao director executivo do Facebook, criticando a decisão da empresa de censurar uma fotografia da guerra do Vietname.

Espen Egil Hansen, editor-chefe e director executivo do Aftenposten, acusou Zuckerberg de irreflectidamente ter “abusado do seu poder” no site da rede social, que se tornou um eixo central na distribuição de notícias e informações por todo o mundo, escrevendo: “Estou aborrecido,  decepcionado – bem, na verdade, estou com medo – “do que você está prestes a fazer a um dos pilares da nossa sociedade democrática.

“Estou preocupado que um meio importante do mundo, limite a liberdade em vez de a ampliar, e que isso por vezes aconteça numa forma autoritária“, acrescentou.

A controvérsia decorre da decisão do Facebook em eliminar uma mensagem do escritor norueguês Tom Egeland, onde destacava o Terror of War, com a fotografia de Nick Ut, premiada com um prémio Pulitzer, a qual mostra crianças – incluindo o nu de Kim Phúc de 9 anos – a fugirem de um ataque de napalm durante a guerra do Vietname. O artigo de Egeland discutia as  “sete fotografias que tinham mudado a história da guerra” – grupo ao qual a imagem da “menina do napalm” certamente pertence.

Egeland foi suspenso do Facebook. Quando o  Aftenposten reportou a sua suspensão na sua pagina do jornal na dita rede social – usando a mesma foto no artigo – o jornal recebeu de imediato uma mensagem da rede social pedindo para a retirar ou pixelizar.

Antes mesmo do Aftenposten responder, a rede social  eliminou o artigo da página do jornal.

Na sua carta aberta, Hansen aponta que a decisão do Facebook em eliminar a fotografia revela uma incapacidade preocupante na capacidade de “distinguir entre a pornografia infantil e fotografias famosas de guerras”, bem como uma falta de vontade para “permitir [ndo] espaço para o bom senso”.  Fonte

É vulgar o falso puritanismo. Ao longo da minha vida, passei várias vezes os olhos por essa foto, e nunca consegui ver o nu, mas sim o terror espelhado nas faces dessas crianças.

O negócio da pedofilia, infelizmente é transversal ao mundo hipócrita onde vivemos.

Deste grandes magnatas de grandes corporações, do mundo da alta finança, dos mundos do entretimento (cinema, música) passando pelos mundos escuros dos governos e pela igreja como temos vindo a constatar, a pedofilia continua a proliferar. Não esqueçamos que este negócio vive também à custa do negócio do rapto de crianças, destruindo vidas para sempre.

E à semelhança  do que acontece com Boko Haram da Nigéria, que não consegue ser capturado de forma a ser julgado pelos terríveis crimes que comete (os drones não se dão bem com a ar da Nigéria), também os negócio do tráfego de crianças e da pedófila continuam a monte.

Quando a Mark Zuckerberg, talvez tenha pensado que ficava bem na fotografia. Em vez de evidenciar um falso puritanismo, ficaria-lhe bem melhor,  financiar a sério o combate à pedófila e ao respectivo tráfego de crianças (movendo-se ele em plataformas semelhantes). Que se distinga desta forma.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 9 de Setembro de 2016 by in DIANTE DOS NOSSOS OLHOS, Facebook, Internet, O mundo visto ao microscópio and tagged , , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: