A Arte da Omissao

‘CETA é um TTIP disfarçado’: O acordo de comércio Canadá-UE é um projecto de hegemonia dos Estados Unidos

A região da Valónia  na Bélgica deu um duro golpe às esperanças da União Europeia em  assinar o acordo de livre comércio com o Canadá, CETA.  O Presidente-ministro da região disse que não o iria apoiar o CETA.

O acordo tem de ser ratificado pelos 28 os  Estados-Membros da UE. No entanto, a Bélgica não pode assinar o acordo sem o consentimento dos seus parlamentos regionais.

Radio Sputnik discutiu o acordo CETA com Michel Chossudovsky, Professor de Economia na Universidade de Ottawa, fundador e director do Centro de Investigação sobre a Globalização.

“Este não é um acordo bilateral entre o Canadá e a União Europeia. É um […] mecanismo de integração do Nafta e da União Europeia no que pode ser chamado de acordo de comércio e investimento do Atlântico Norte, que  literalmente integraria a América do Norte e a União Europeia a partir do ponto de vista do comércio e do investimento, “disse a Chossudovsky.

É dito que o CETA oferece melhores oportunidades de negócio para as empresas da UE e  Canadá, e cria mais empregos. No entanto opositores do acordo dizem que CETA, bem como o TTIP, outro acordo comercial que a UE está a negociar com os EUA, vai baixar normas alimentares, de saúde e segurança, enquanto, ao mesmo tempo, permite que empresas americanas e canadianas possam processar governos da UE, por  práticas discriminatórias sob o ISDS.

De acordo com Chossudovsky, as economias americana e canadianas estão intimamente ligadas e, portanto, o CETA pode ser considerado um “proxy” de TTIP.

“Não só é um projecto entre o Canadá e a UE. É também um projecto de Washington “, disse o especialista. “O TTIP e CETA foram implementadas em conjunto, não eram iniciativas separadas, é umainiciativa”, acrescentou.

Na opinião de Chossudovsky, se o TTIP falhar por falta de consenso porque as pessoas dizem  “Não queremos ser uma colónia dos Estados Unidos”, e preferirem o  CETA, não mudaria muito em termos da dependência da UE de Washington.

CETA é um proxy. Este acordo económico global Canadá-UE, de facto, é um TTIP disfarçado “, lembrou o especialista. “Temos que ter muito cuidado com o que isso implica em termos políticos. Estes acordos comerciais não são [feitos] para as pessoas, fazem parte da agenda corporativa “.

Segundo o especialista, os dois acordos significariam a  integração do NAFTA e da  UE num tipo de bloco comercial do Atlântico e, portanto, com implicações geopolíticas graves.

A União Europeia tem certas dinâmicas. Mas uma vez  integrada no NAFTA, não pode ser mais Bruxelas. Pode ser apenas Washington que irá dar cartas”, concluiu o perito.

Fonte

Nota: links desta cor são da minha responsabilidade

Artigos relacionados: Vamos discutir o que é o CETA?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informação

This entry was posted on 22 de Outubro de 2016 by in CETA, Nova Ordem Mundial and tagged .

Navegação

Categorias

%d bloggers like this: