A Arte da Omissao

‘CETA é um TTIP disfarçado’: O acordo de comércio Canadá-UE é um projecto de hegemonia dos Estados Unidos

A região da Valónia  na Bélgica deu um duro golpe às esperanças da União Europeia em  assinar o acordo de livre comércio com o Canadá, CETA.  O Presidente-ministro da região disse que não o iria apoiar o CETA.

O acordo tem de ser ratificado pelos 28 os  Estados-Membros da UE. No entanto, a Bélgica não pode assinar o acordo sem o consentimento dos seus parlamentos regionais.

Radio Sputnik discutiu o acordo CETA com Michel Chossudovsky, Professor de Economia na Universidade de Ottawa, fundador e director do Centro de Investigação sobre a Globalização.

“Este não é um acordo bilateral entre o Canadá e a União Europeia. É um […] mecanismo de integração do Nafta e da União Europeia no que pode ser chamado de acordo de comércio e investimento do Atlântico Norte, que  literalmente integraria a América do Norte e a União Europeia a partir do ponto de vista do comércio e do investimento, “disse a Chossudovsky.

É dito que o CETA oferece melhores oportunidades de negócio para as empresas da UE e  Canadá, e cria mais empregos. No entanto opositores do acordo dizem que CETA, bem como o TTIP, outro acordo comercial que a UE está a negociar com os EUA, vai baixar normas alimentares, de saúde e segurança, enquanto, ao mesmo tempo, permite que empresas americanas e canadianas possam processar governos da UE, por  práticas discriminatórias sob o ISDS.

De acordo com Chossudovsky, as economias americana e canadianas estão intimamente ligadas e, portanto, o CETA pode ser considerado um “proxy” de TTIP.

“Não só é um projecto entre o Canadá e a UE. É também um projecto de Washington “, disse o especialista. “O TTIP e CETA foram implementadas em conjunto, não eram iniciativas separadas, é umainiciativa”, acrescentou.

Na opinião de Chossudovsky, se o TTIP falhar por falta de consenso porque as pessoas dizem  “Não queremos ser uma colónia dos Estados Unidos”, e preferirem o  CETA, não mudaria muito em termos da dependência da UE de Washington.

CETA é um proxy. Este acordo económico global Canadá-UE, de facto, é um TTIP disfarçado “, lembrou o especialista. “Temos que ter muito cuidado com o que isso implica em termos políticos. Estes acordos comerciais não são [feitos] para as pessoas, fazem parte da agenda corporativa “.

Segundo o especialista, os dois acordos significariam a  integração do NAFTA e da  UE num tipo de bloco comercial do Atlântico e, portanto, com implicações geopolíticas graves.

A União Europeia tem certas dinâmicas. Mas uma vez  integrada no NAFTA, não pode ser mais Bruxelas. Pode ser apenas Washington que irá dar cartas”, concluiu o perito.

Fonte

Nota: links desta cor são da minha responsabilidade

Artigos relacionados: Vamos discutir o que é o CETA?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 22 de Outubro de 2016 by in CETA, Nova Ordem Mundial and tagged .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: