A Arte da Omissao

Paradise papers – movimentos dos tentáculos do POLVO

realces desta cor são da minha responsabilidade

No dia 5.11.2017, foi postado no canal da BBC NEWS no youtube, uma noticia sobre a investigação Paradise Papers. Ao minuto 0.34 o jornalista começa a falar sobre as actividades offshore da Rainha da Inglaterra. A frase usada é:

“they show how the …. the Queen’s private estate invested….!”

O verbo usado é invested (investiu, em Português)

No dia 6.11.2017, um artigo da EuroNews reporta o seguinte:

“The so-called “Paradise Papers” show that many global figures including Britain’s Queen Elizabeth have invested private money in offshore funds in Caribbean tax havens.” 

(Os chamados “Paradise Papers” mostram que muitas figuras globais, incluindo a Rainha Elizabeth da Grã-Bretanha, investiram dinheiro privado em fundos offshore em paraísos fiscais do Caribe)

Ainda no dia 6.11.2017, um artigo da EuroNews reporta o seguinte:

“Um dos nomes mais sonantes revelados pela última fuga de informação sobre paraísos fiscais é o da Rainha de Inglaterra. De acordo com o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ), Isabel II investiu milhões de dólares em empresas médicas e de crédito ao consumo.

Os documentos agora revelados mostram que, a partir de 2007, os gestores do património pessoal da rainha investiram num fundo das Ilhas Caimão. O dinheiro foi depois enviado para uma empresa de capitais de investimento que controlava uma locadora no Reino Unido, a BrightHouse, especializada no crédito ao consumo.

Todos estes detalhes não foram fornecidos pelo ducado de Lancaster, que concentra os ativos pessoais da Rainha de Inglaterra. Foram apenas publicadas informações sobre investimentos imobiliários no Reino Unido.
Em declarações aos meios de comunicação britânicos, um porta-voz de Isabel II explicou que o ducado tem dinheiro aplicado no fundo sediado na Ilhas Caimão, mas não tinha informação sobre o investimento na BrightHouse. Além disso, afirmou que a rainha paga voluntariamente impostos sobre os rendimentos obtidos do ducado e dos investimentos que faz”.

Ainda a 6.11.2017, o mesmo site em inglês reporta:

These scandals shock public opinion, they show that there are still businesses or wealthy individuals who are willing to avoid paying the taxes they have to pay,” commented Pierre Moscovici, EU Economic and  Financial Affairs Commissioner.

(Esses escândalos chocam a opinião pública, mostram que ainda existem empresas ou indivíduos ricos dispostos a evitar pagar os impostos que têm de pagar “, comentou Pierre Moscovici, Comissário dos Assuntos Económicos e Financeiros da UE)

“It also helps to raise awareness, particularly among the Member States, that progress must continuously be made in the fight against fraud and tax evasion.”

(Também ajuda a aumentar a conscientização, particularmente entre os Estados membros, que o progresso deve ser continuado na luta contra a fraude e evasão fiscal)

Hoje, 7.11.2017 o mesmo site, reporta:

“No primeiro dia das revelações tinha sido posta em causa a rainha Isabel II de Inglaterra, o secretário norte-americano do Comércio, Wilbur Ross e vários políticos brasileiros e russos. Alguns alegam que as contas off shore não são ilegais.

A União Europeia classificou estas revelações de chocantes e pede medidas dissuasivas“.

 

O POLVO em acção e a EuroNews a dar-lhe voz

Anúncios

One comment on “Paradise papers – movimentos dos tentáculos do POLVO

  1. voza0db
    7 de Novembro de 2017

    Paraíso!

    Bom, na realidade isto são meros trocos se olharmos para os valores que os bacanos do topo da pirâmide controlam (e atenção que estes bacanos nem sequer são os DONOS do sistema monetário)!

    Mas enfim… vai servindo para distrair a MANADA DE BOÇAIS, que é esse o objectivo final!

    afinal de contas o que MUDOU após os PANAMÁ papers?!

    POIS… 🙄

    😎

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 7 de Novembro de 2017 by in Jornalismo, Paradise Papers, União Europeia.

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: