A Arte da Omissao

Bases russas na Síria: Análise dos drones que atacaram Hmeimim

Links dentro de «» e realces desta cor são da minha responsabilidade

Tradução do artigo  Analyses des drones qui ont attaqué Hmeimim

de Thierry Meyssan

| Damasco (Síria) 12 de Janeiro de 2018

O Estado-Maior russo comunicou os resultados da análise de três drones que tentaram atacar a Base Aérea russa de Hmeimim na Síria e que foram forçados a pousar. [1]

  • É impossível que eles tenham sido fabricados localmente. Foram necessariamente importados
  • O uso desses drones requer treino apropriado. Os fornecedores vieram, portanto, formar os jiadistas ou então, estes foram treinar no exterior.
  • As bombas artesanais que armavam os drones pesavam cerca de 400 gramas. Elas eram projectadas à base de nitrato quaternário e pequenas bolas de metal. Não há produção local desse explosivo. Vários Estados produzem-no, incluindo a Ucrânia.
  • As coordenadas dos programas de controlo desses drones são mais precisas que as que podem ser obtidas a partir de fontes abertas. Os jiadistas tiveram então a inteligência aérea ou via satélite.

[1] « Premières attaques de drones simultanées sur un champ de bataille », par Thierry Meyssan, Réseau Voltaire, 9 janvier 2018.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Informação

This entry was posted on 18 de Janeiro de 2018 by in drones, Russia, Síria and tagged , , .

Navegação

Categorias

%d bloggers like this: