A Arte da Omissao

Bases russas na Síria: Análise dos drones que atacaram Hmeimim

Links dentro de «» e realces desta cor são da minha responsabilidade

Tradução do artigo  Analyses des drones qui ont attaqué Hmeimim

de Thierry Meyssan

| Damasco (Síria) 12 de Janeiro de 2018

O Estado-Maior russo comunicou os resultados da análise de três drones que tentaram atacar a Base Aérea russa de Hmeimim na Síria e que foram forçados a pousar. [1]

  • É impossível que eles tenham sido fabricados localmente. Foram necessariamente importados
  • O uso desses drones requer treino apropriado. Os fornecedores vieram, portanto, formar os jiadistas ou então, estes foram treinar no exterior.
  • As bombas artesanais que armavam os drones pesavam cerca de 400 gramas. Elas eram projectadas à base de nitrato quaternário e pequenas bolas de metal. Não há produção local desse explosivo. Vários Estados produzem-no, incluindo a Ucrânia.
  • As coordenadas dos programas de controlo desses drones são mais precisas que as que podem ser obtidas a partir de fontes abertas. Os jiadistas tiveram então a inteligência aérea ou via satélite.

[1] « Premières attaques de drones simultanées sur un champ de bataille », par Thierry Meyssan, Réseau Voltaire, 9 janvier 2018.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informação

This entry was posted on 18 de Janeiro de 2018 by in drones, Russia, Síria and tagged , , .

Navegação

Categorias

%d bloggers like this: