A Arte da Omissao

ACORDEM

o obelisco da discórdia inaugurado em Aveiro no Dia de Finados

Monumento aos vivos

Cemitério Sul de Aveiro com um obelisco que imortaliza os Presidentes da Câmara Municipal dos últimos cem anos, inaugurado no dia 1.11.2018, dia dos finados

Esclareço quem  não conhece as pessoas imortalizadas no obelisco, que os primeiros 3 nomes a contar de cima são de pessoas “vivinhas da silva”.

Alberto Souto de Miranda, “vivinho da silva”, pronunciou-se no facebook da seguinte forma:

Agradeço muito à Junta de Freguesia o terem-me imortalizado num obelisco no cemitério. Que era fantasma já se sabia. Agora com lugar cativo no cemitério é que ainda não. A coisa é um bocadinho estranha, para não dizer totalmente deselegante. Os meus familiares já começaram a receber coroas de flores e mensagens de solidariedade. A minha mulher e os meus filhos abraçaram-me e obrigaram-me a beber um bom tinto, para ter a certeza que eu não era um holograma ou um fake human. Os amigos em romagem curvam-se perante a minha memória. As funerárias capricham na cerimónia. E o epitáfio, o morto vai escrevê-lo (…). E desculpem ser um tipo com princípios “démodés”, de respeito pela memória dos entes queridos: não se fazem comícios no dia e à hora da visita aos cemitérios. Até o Bispo…. Mau demais.”  fonte

Já agora, aproveito também para fazer saber que o primeiro nome imortalizado no dito obelisco, Ribau Esteves, actual Presidente da Câmara, é o “fantasma” que quer destruir o coração da Veneza de Portugal.

Artigos relacionados:

Cidadãos temem que parque subterrâneo faça “afundar” o Rossio

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informação

This entry was posted on 9 de Novembro de 2018 by in Portugal and tagged .

Navegação

Categorias

Follow A Arte da Omissao on WordPress.com
%d bloggers like this: