A Arte da Omissao

ACORDEM

Competindo pelo controle do movimento do passe anti sanitário francês

Nota: links dentro de «» e realces desta cor são da minha responsabilidade

Tradução do artigo  Vying for control of French anti-sanitary pass movement

 Rede Voltaire / Damasco (Síria) 11 de Setembro de 2019

 

As manifestações contra o “passe sanitário” estão em alta na Europa. Em causa está a discriminação entre cidadãos com base no seu estado de saúde; por outras palavras, aqueles que receberam a vacina anti-COVID-19 e aqueles que resistem a ela.

Em Paris, dois eventos concorrentes foram programados para o dia 11 de Setembro de 2021.

Um organizado por Florian Philippot, que começou no mundo da política como membro do Movimento dos Cidadãos de esquerda liderado por Jean-Pierre Chevenement, este último ingressou na Frente Nacional de direita de Marine Le Pen e agora concorre como republicano à frente do seu próprio partido, os Patriotas.

O outro é convocado por Jérôme Rodriguez, membro do Movimento Colete Amarelo que perdeu um olho em Janeiro de 2019 nas mãos da polícia durante uma manifestação e que teve a sorte de ser indemnizado em Março de 2011.

O primeiro desses eventos visa promover a soberania francesa. O objectivo do segundo é reunir sob o mesmo guarda-chuva todos os oponentes do presidente Emmanuel Macron.

O problema é que os cartazes da demonstração de Jérôme Rodriguez são estampados com o punho levantado. Mas não é qualquer punho levantado: é o logótipo registado da «Black Lives Matter», movimento social norte americano que faz campanha contra a violência direccionada às pessoas negras e que, por trinta anos, foi exibido como o logótipo de todas as revoluções coloridas orquestradas pelo National Endowment for Democracy [1] e pelos lacaios de Gene Sharp [2].

[1NED, the Legal Window of the CIA”, by Thierry Meyssan, Translation Anoosha Boralessa, Оdnako (Russia) , Voltaire Network, 16 August 2016. Em português A NED, vitrina legal da CIA

2The Albert Einstein Institution: non-violence according to the CIA”, by Thierry Meyssan, Voltaire Network, 4 January 2005.

Sem dúvida, o movimento de Jérôme Rodriguez logo estará se transformando em outra coisa, enquanto puxa parte dos grupos opostos a Macron para a vantagem final deste último, que aspira a ser reeleito presidente da França em 2022.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informação

This entry was posted on 14 de Setembro de 2021 by in França and tagged , , .

Navegação

Categorias

Follow A Arte da Omissao on WordPress.com
%d bloggers like this: