A Arte da Omissao

«A NECESSIDADE DE REPRESENTAR… E SER OUVIDO»

Excelente artigo do blog Zurzir.

A NECESSIDADE DE REPRESENTAR… E SER OUVIDO 

“Os espectadores estavam inquietos nos seus lugares. Mexiam-se, inconfortáveis, com uma frequência pouco usual que aquela Sala de Teatro já não estava habituada a sentir; até porque já há tempo em demasia que as peças de qualidade duvidosa por esta sala “assentavam arraiais”.

 
O público frequentador desta Sala era quase sempre o mesmo em todas as representações que ultimamente ali apareciam. Na falta de qualidade cultural ou de credibilidade artística, as pessoas acomodavam-se às rotinas adquiridas – eram frequentadores habituais da Sala de Teatro.
 
A Peça, a exemplo das últimas que ali foram representadas, era protagonizada pelos mesmos canastrões: Pedro Coelho e Gaspar.
 
Desta vez, talvez porque no seio da própria companhia reina a discórdia, o Ponto (“criador” das deixas para os autores) foi súbita e anormalmente assumido pelo pivô dos saltimbancos: Selassié.
 
Este nome ficou na história, mas não é a mesma individualidade. O mais conhecido – Hailé Selassié – foi imperador da Etiópia; o “nosso” Ponto integra uma companhia de saltimbancos…
 
Já quase tudo era admitido naquela sala de teatro. Mesmo assim o público estava mais instável do que era costume. Esta instabilidade manifestada pela plateia contagiava os próprios canastrões protagonistas. O da voz bem timbrada quase que não se ouvia e a voz tremia-lhe; o outro, o da conversa mais pausada, inexplicavelmente atropelava as palavras e estas, deficientemente, saíam-lhe em catadupas.
 
Mas, eis senão quando, o Ponto (o senhor Selassié) salta para Cena e com o mais seráfico dos sorrisos, recita – ele próprio – ignorando a Didascália, o enredo e a própria peça, começa a recitar (qual canastrão protagonista e convencido):
 
– Os cortes na despesa no Estado Social, entenda-se, são melhores que aumentos de impostos, embora coexistam. Estes cortes deixam “ao estimado público” a escolha entre morrer de fome, morrer de peste ou enforcar-se. Morrer de morte natural ou de velhice e com dignidade é que nunca mais acontecerá…
 

Entretanto, cá fora na rua, o temporal exercitava-se, com o vento rugindo e a chuva ensopando quem não se tinha refugiado na Sala de Teatro. E, talvez porque as pessoas no exterior da Sala de Teatro não tenham ouvido o senhor do Ponto (Selassié), ninguém se matou.” (fonte)

 

Anúncios

4 comments on “«A NECESSIDADE DE REPRESENTAR… E SER OUVIDO»

  1. Alcides
    23 de Janeiro de 2013

    Isso é uma simulação da vossa parte, ou foi mesmo dito na célebre reunião onde foi proibida a entrada da comunicação social?

    Gostar

    • urantiapt
      23 de Janeiro de 2013

      O conteúdo do meu artigo não é meu, é do blog Zurzir (link está no topo do meu artigo). Só ele lhe poderá responder. Pode colocar lá a sua questão que é pertinente.

      Gostar

      • Alcides
        25 de Janeiro de 2013

        Face à brutalidade das palavras imputadas ao senhor Selassié, a minha reacção foi impulsiva. Só depois consultei o tal blog mas fiquei na mesma dúvida. Fiz uma retrospectiva das últimas notícias e vi que não tinha ouvida nada sobre isto deduzindo que ou era falso, ou foi cirurgicamente abafado.
        Agora que me responde, estranho que da vossa parte façam uma transcrição de tais palavras sem se preocuparem com a veracidades das mesmas, tanto mais que considera o tema pertinente. Agora fico de pé atrás com aquilo que me chega da parte do urantiapt.

        Gostar

      • urantiapt
        25 de Janeiro de 2013

        Sr. Alcides

        A única afirmação que posso fazer, é que conheço pessoalmente o autor do artigo e há muitos anos. Mas respeito a sua decisão.

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 23 de Janeiro de 2013 by in DIANTE DOS NOSSOS OLHOS, O mundo visto ao microscópio and tagged , , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: