A Arte da Omissao

Internet: ‘Sites’ não podem ser obrigados a controlar ‘downloads’

Boas Notícias

Bruxelas, 17 Fev (Lusa) — O Tribunal de Justiça Europeu determinou hoje que os ‘sites’ das redes sociais não podem ser obrigados a instalar filtros que impeçam a transferência de músicas ou outros ficheiros protegidos pelo direito de autor.

A decisão é uma vitória para as empresas que operam as redes sociais na União Europeia, mas uma derrota para os que defendem restrições à distribuição de obras protegidas pelo direito de autor sem pagamento ou autorização.

Ela é divulgada numa altura em que se registam crescentes protestos na Europa contra o acordo internacional ACTA (Anti-Counterfeiting Trade Agreement), negociado entre a UE, Estados Unidos, Japão, Canadá, Nova Zelândia, Austrália, Singapura, Coreia do Sul, Marrocos, México e Suíça.

Fonte

Anúncios

One comment on “Internet: ‘Sites’ não podem ser obrigados a controlar ‘downloads’

  1. Maria Celeste Ramos
    22 de Fevereiro de 2012

    Bom senão teria de pagar o direito a respirar o ar poluído da rua -boa – háo-de vir mais

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informação

This entry was posted on 21 de Fevereiro de 2012 by in ACTA, Internet and tagged , , , , .

Navegação

Categorias

%d bloggers like this: