A Arte da Omissao

Catastroika

Privatizações =  transferência da riqueza produzida numa nação  para as mãos de privados.

A falsa bandeira é o endividamento.

O agente = “troika”

Objecto = Aniquilar a Democracia


 

Esta é também a nossa realidade.

PARTILHEM ESTA INFORMAÇÃO

6 comments on “Catastroika

  1. maria celeste ramos
    16 de Maio de 2012

    Já percebi isso – mas por favor expliquem-me porquê – não percebo tudo o que preciso de perceber-obrigada-mcor

    Gostar

    • urantiapt
      16 de Maio de 2012

      Assistiu ao vídeo até ao fim?

      Gostar

      • maria celeste ramos
        17 de Maio de 2012

        Sim vi o video até ao fim – duas vezes – não por não ter percebido o que me faltava perceber relativamente ao que já saia, e outras coisas de que desconfiva, mas como pragmática que preciso de ser no meio de tanta ilusão que ainda tenho, e que o video mostra e esclarece, e encaixa – Perguntei também porque acreditar em certas palavras é por vezes demasiado dificil e, assim, não há como ver e crer e lá se vai a ilusão – obrigada – fico mesmo muito obrigada – mas continuo a não querer ver que isto é mesmo real – E à laia de “confidência” tive um grande amigo, deputado da Câmara dos Comuns que Deus já levou, e em casa de quem estive por altura de congresso em Londres, que me convidou para um mês em sua casa depois de nops termos conhecido em Congresso na Bahia sobre “slums” e que quando foi a eleição de Tatcher me disse – maria acabou – Eu gostava muito dele e muito aprendi com esse senhor chamado Redge Hookway – que convidei, bem como mulher, para virem a Portugal e já tinha hotel marcado – Mas partiu antes de vir – No entanto deixou-me um grande legado intelectual e espiritual e um belo livro que me ofereceu Treasures of english Poetry com dedicatória de belo poema por ele feito já que muitas vezes conversávamos “versejando”- Apesar de ter sido mais ou menos convidado a deixar o seu lugar da Câmara dos Comuns (e aremessado para Cheltenham), quando faleceu, e como memorial, foi dado o seu nome a um parque no seu país (Country Park – figura de paisagem que não temos) que por ele havia sido criado, e na sua vida profissional usava o lema “keep Britain Beautiful” – E muito da nossa profissão aprendi com ele ao levar-me a visitar muitos lugares todos os dias com um técnico diferente cada dia, do serviço que criara, e até me “obrigou” a ir a um congresso, no Sussex só com ingleses (nem foi fácil porque falavam só inglês erudito e mais depressa do que os portugueses) – O vosso video, muito longo e elucidativo, fez-me “voltar” a esse tempo e, também, tapar lacunas que tinha – Odeio ingleses por “principio” (o meu genoma não os encaixa) mas não as belas paisagens e fui a Inglaterra apenas dessa vez e nem quero voltar, algumas das quais muitas são de projectos da sua responsabilidade sendo que uma das coisas mais importante e que ignorava, era o enterramento de torres de transporte de alta tensão parecendo que não havia “modernidades” e me fez pansar, mais uma vez, na Paisagem do Tua e dos monstros que os postes eléctricos mais e mais desfeiam – Este país e o TUA precisavam de um Redge Hookway, ou nem tanto, bastaria eu mesma se tivesse voz – Assim, obrigada – a verdade não me mete mêdo (por enquanto pelo menos) mas deixou-me mais perplexa ainda – vou ver mais uma vez como “anda” a Grécia, onde já não vou há mais de 30 anos que pelo v/vídeo vejo que está mesmo “estrangulada” pelos que não querem que os homens gritem liberdade, mesmo com todos os erros cometidos, como se houvesse de um lado os “santos” e do outro os judas – mcor – bem vou ouvir, na SIC, a Jane Birkin que está velhota mas que não é parva e está relembrado o seu Gainsburg e o je t’aime moi non plus – ah interronperam para nos “guiar” ao Plácio de Santos – mas que belo é, esta eis-residência real que admite visitas de grupos – que por acaso já conheci – onde decorrerão as Jornadas do Património – BOA !! mas que belezas tem esta cidade (e país) mas que estão nas mãos de inergúmenos – que fado

        Gostar

  2. maria celeste ramos
    17 de Maio de 2012

    O video que me enviaram ontem diz bem ao que conduz a privatização sobretudo das infraestruturas que sustentam as economias e o viver, como os transportes e a água, saúde e ensino, etc – sem a existência de estrutura forte do estado e regulação dos valores de sustentação da vida e do bem estar e confiabça e mesmo felicidade do cidadão independentemente da classe económica, não há país

    Gostar

    • urantiapt
      17 de Maio de 2012

      Celeste

      É triste ver a destruição de nações e da Democracia, através de algo que de propósito foi “implantado e oferecido” – empréstimos,empréstimos, empréstimos…. Ninguém com seriedade, regulou quem emprestava e quem acumulava dívida.
      É quando se “recolhe” a rede, que se colhe o peixe.

      Gostar

  3. maria celeste ramos
    18 de Maio de 2012

    Urantiapt – obrigada – 02:50H – eu nasci em “tempo de guerra” e de grande pobreza do e no país – aprendi a viver com o mínimo e essencial e nunca me faltou nada nem nunca pedi – quando nasci menina toca piano e fala francês- mas quiz mais e aprendi a estudar e a gostar de o fazer e tam que mais tarde passei esse prazer e consegui aos alunos que tive (trabalho por acumulação depois do horário normal de trabalho 17H) pelo que ia envelhecendo mas sempre era a mais nova dos grupos e, agora, a mais velha no meio da juventude de mais ou menos 20 anos e acabo de vir de casa de amiguinha vizinha de 26 anos que me convidou para jantar – que bom pois odeio lavar a loiça – que sortuda sou pois falo constantemento do meu bairro e o que tem, e tem tudo e até amigos – ela é linda de morrer por dentro e por fora e falo com ela como comigo e ela comigo como com ela – o que é mais do que raro – E como nem me apetece já sair do bairro que tem tudo, até passo parte do dia a ler o jornal e falar com a “miudagem” como chamo aos “amigos daqui” E esta tarde até encontrei dois (casal) pela 1ª vez, e como eram alunos do local onde estudei (aqui no bairro ??) achei graça e discretamente fiz perguntas sobre o que aprenderam e se gostavam de ser “engºs florestais” – que sim e que farão Bolonha e etc – ao fazer as perguntas mais simples sobre o que achavam do FOGO constante que grassa há 20 anos até já no inverno, e que empobrece tudo e todos, e como é que viam o “ordenamento florestal” de que se fala há 30 anos e nada, fiquei boquiaberta pela ignorância total e absoluta pelo que perguntei de novo o que é que gostaram mais de aprender ao que a “menina” respondeu, mas não aprendemos nada de nada, os professores nada sabem e esperamos que o diploma de Bolonha nos avalize – ora eles fazem 2 anos de uinv (eu fiz 5 anos + 1 ano, obrigatório, de tese de licenciatura) e depois + 2 + estágio e diploma ?? pelo que nem me admirei de nada saberem – passei a outras (agora Carlos Barbosa na TV24H-03:10H está danado a falar da dívida das IP) mas o interessante é que ambos os meninos disseram que não sabem nada do que se passa politica e conomicamente no país, e não se interessam – como estes outros da sua idade são IGUAIS – ou seja, se por caso tento ao de leve falar com eles como escrevo o que escrevo no AVENTAR, fico a zero, mesmo com esta maighunha do jantar de 26 anos (mas com ela temos outros temas bem interessantes nas nada de país político) – ou seja – tanta gente que conheço e com quem me dou (aqui no bairro) e nem uma pessoa de 20 anos ou da minha idade se interessa- agora é o parvalhão do Marques Mendes a dar bocas – ai este “taco” de gravata azul se calhar é do Belenenses ou do Porto – etá a dizer horrores da Grécia e eu contente pois que sem ela não se DESTAPAVA o que estava tão mal escondido para afinal, a maioria e que, como disse a Joana do CDS na entreviata e grécia é o 1º passo da derrocada – seja ou não isto para dizer que em geral pelo que dos meus conviviais resulta, falar do pais nem pensar – assim falo com o AVENTAR que não aventa, afinal, grande esperança e os meninos vão cantando e rindo – pois mas gostei de ver a comemoração dos 10 anos da independância de Timor que tanto drama teve e os atentados a Ramos Horta e Xanana mas parece que se recompuseram mesmo que com tanto dinheiro do petróleo ainda têm muitos muitos pobres e sem infraestruuras básicas de estradas e saneamento básico, saúde e ensino, mesmo depois de 10 anos e que a Indonésia sempre sabotou (e por mim austrália é uma xatice e esquecem-se que na II guerra mundial ao serem bombardeados foram exactamente os timorenses que muitos deles salvaram e retiraram do mar – a memória dos homens) – Bem a rêde que não apanha peixe como você diz – empréstimos empréstimos empréstimos e ninguém regulava a dívida que afinal a mais grave é do sector privado mas que eu, FP, e sem perceber como, é que ando às “arrecuas” para que o $$$ das IP e das Brisas e da EDP (165 milhões/ano paga governo de renda) que são milhões de milhões, quem paga é o meu (nosso) IRS que aumenta desde 2002, creio – Pois há rêde que caça peixe que se farta para quem o há-de comer – Voltando ao vosso vídeo que me enviaram ontem, e juntando + um programa de ontem na SIC, parece que há um “governo sombra” a nível global (ocidente diria eu) que manobra a “rêde” e tem os seus clientes para o peixe e o resto que se lixe – acabei por perder o raciocínio que queria fazer mas perdí-me como de costume – é da voz do PSD Marques Mendes não sei quê e as Secretas – mas que país desinteressante – podíamos viver tão bem afinal – já vivi feliz (ou mais ignorante) vários anos depois de 1974 e a pensar que o meu país entraria de facto no concerto das nações e com a sua imensa sabedoria do mundo, mas agora não é – e como escreveu F.Pessoa e Agostinho da Silva dise, e a sua MENSAGEM, talvez ainda calhe em meu tempo – até acredito que sim – e o Peixe é outro – até me convenço que é A PALAVRA – não apenas com esta universal lingua portugusa, mas quem sabe com a forma de viver pobres, mas em PAZ e a natural adesão a todos os povos do mundo – até me apetece ter nem que seja essa ilusão de que não seremos apenas PIG – nem nunca fomos – e continua a ser “grega” felizmente (mas não germânica)-abraço-mcor

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 16 de Maio de 2012 by in Nova Ordem Mundial, Sociedade, vídeos and tagged , , , , , , , , .

Navegação

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: