A Arte da Omissao

América: crime, fome e encarceramento

Não pretendo fazer futurologia sobre a futura administração de Trump, pois não acho piada nenhuma às apostas no futuro, mas à semelhança de tantas outras nações, a visão da pobreza social dos norte-americanos não sai pelos écrans dos seus televisores.

A total cegueira e surdez das classes governativas, dos sistemas financeiros, da elite (que, há muito tempo, governa  este mundo atrás de uma cortina), perante os sinais GIGANTES e VISÍVEIS do descontentamento dos povos, explicam a meu ver, a SUPRESA, como a de muitos ontem, na eleição do presidente dos EUA.

Cuidado com o reverso da medalha. Enquanto uns estão comodamente cegos e surdos, outros estão a sair da hibernação e começam a abrir os seus olhos radicais, mas não esqueçamos, estes últimos também são geridos e manipulados por esses que estão atrás da cortina. A História já viveu muitos momentos destes. Um deles foi o do Hitler.

ligne-rouge

Tradução do parágrafo Crime and starvation, do Escaping the Polanyi matrix: the impact of fictitious commodities: money, land, and labor on consumer welfare  de Gary Flomenhoft.

Perante um mercado de trabalho totalmente desregulado, Polanyi acreditava que:

os trabalhadores morreriam, vítimas de uma aguda desorganização social por vício, perversão, crime e fome

O mercado de trabalho mais “flexível” de todos os países da OCDE, é o dos EUA. O mercado de trabalho mais livre, com a menor intervenção do governo ou das instituições sociais, na visão de  Polanyi.

 Robert A. Lawson & Edward Bierhanzl:

“Essencialmente, para obter altas classificações, um país deve ter taxas de imposto marginais baixas, um salário mínimo baixo, um alto grau de flexibilidade na contratação e demissão, uma pequena quantidade de negociação colectiva centralizada e baixos benefícios no desemprego”

Os defensores do laissez-faire  das políticas do “mercado livre”, acreditam  que a ameaça de fome vai motivar as pessoas a procurarem emprego.

Depois da crise financeira de 2008,  o número de pessoas que recebeu assistência alimentar chegou ao ponto mais alto, e nos dias de hoje, nos EUA, uma em cada seis pessoas e uma em cada cinco crianças, estão no Programa de Assistência nutricional suplementar (SNAP). (14% a partir de 13 de janeiro de 2015,US Dept. of Ag [1]

Polanyi afirma que sem mitigar as instituições sociais, está provado como verdadeiro que um mercado livre de trabalho não regulado resulta em fome. Sem o SNAP essas pessoas morreriam de fome.

Taxas de encarceramentos nos países da OCDE

prisoes

A variação da população prisional nos EUA

prisoes1

Os Estados Unidos têm 5% da população mundial e 25% dos reclusos. A taxa de encarceramento é mais do que o dobro de todos os outros países da OCDE.

É digno de ressaltar que a era da supremacia neoliberal começou com a eleição de Ronald Reagan em 1980,  e acelerou com o colapso da União Soviética em 1991.

As políticas nos EUA tornaram-se mais consistentes com os mercados não regulados do que nunca, de acordo com a afirmação de Margaret Thatcher de que “Não há alternativa” (TINA), ao “Consenso de Washington” sobre  privatização, liberalização, livre comércio, livre circulação de capitais, ajuste estrutural e todas as outras políticas promovidas pelos fundamentalistas do mercado desde 1980.

Houve um ponto de inflexão em 1980, quando as taxas de encarceramento nos EUA começaram a aumentar drasticamente (figura 16). Antes dessa data, os EUA estavam alinhados com outros países da OCDE.

O  aumento do encarceramento não foi resultado do aumento do crime violento, até porque a taxa do crime violento baixou durante este mesmo período. Embora não possa ser directamente atribuído aos mercados de trabalho flexíveis, este aumento na taxa de encarceramento é consistente com a afirmação de Polanyi de que tratar o trabalho como um produto de mercado resultará em “crime e fome”.

 

Nota: realces desta cor são da minha responsablidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

Faça perguntas aos membros do Parlamento Europeu sobre o acordo de comércio livre, planeado entre a UE e o Canadá (CETA). Vamos remover o secretismo em relação ao CETA e trazer a discussão para a esfera pública!

%d bloggers like this: